quinta-feira, 30 de abril de 2009

Boa forma aos 20, 30, 40 e mais

A cada dia se valoriza mais a boa forma. E não só pela questão da estética, mas também pelo lado da saúde. A consciência atual sobre a necessidade da prática de atividade física envolve a...
 

Concentre boas energias em seu home office

Cada vez é mais comum um canto da casa ou um ambiente todo transformado em escritório. Essa é a saída mais confortável encontrada por pessoas que não precisam se deslocar até uma empresa para desempenhar seu...
 

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Vida e Saúde

Dicas para largar o cigarro
 
- No dia marcado para...
- Quando tiver vontade de...
- Evite bebidas alcoólicas no...
 

terça-feira, 28 de abril de 2009

Masoquismo não evolui ninguém

 

De: Alamar Régis Carvalho

Para: Antonio Carlos Medeiros

Assunto: Masoquismo não evolui ninguém

Toninho: Muita gente se conforma em sofrer, por causa dos outros e não toma providência nenhuma. Há quem ache que sofrer é evolução. Há pais que vivem, praticamente, pegando porrada dos filhos e acham que tem que compreendê-los, sem qualquer limite e vão sofrendo, sofrendo, sofrendo... quando os filhos não estão nem aí pra eles.

A ressonância magnética

Esta orientação seria melhor, se dada por um médico. Mas já que há detalhes que os médicos não falam, e trata-se de um assunto ligado à Tecnologia (eu estou concluindo meu livro sobre tecnologia) e é algo que eu sei, acho que devo passar a informação aos meus amigos, que poderão checar.

Talvez você não precise agora, mas algum parente ou amigo pode estar precisando e, se você tiver bem informado, acerca disto, creio que vai ajudar.

Quando um médico pede algum exame, ele quer ver o máximo possível de informações a fim de poder dar O MELHOR diagnóstico possível. Se um aparelho de Raios X é velho, o revelador do filme está vencido, o filme é vagabundo, ele vai ver uma radiografia quase ilegível. Só que ele não vai dizer isto ao paciente, por conta da ética.

Pois bem: Os equipamentos de ressonância magnética têm as suas capacidades de eficiência, na qualidade visual dos resultados, medidas em TESLA. Já que as leituras são magnéticas, cada Tesla desse, corresponde a, mais ou menos, 10 imãs de geladeira. Os equipamentos mais antigos, na maioria dos hospitais e clínicas, possuem apenas 1 Tesla, mas já existem muitos que possuem os de 1,5 Tesla, que faz uma diferença enorme, onde o médico pode ver coisas que no anterior não veria.

Se um médico pedir uma ressonância para você, já que em sua cidade pode ter várias opções onde fazer o exame, procure se informar quantos TESLA tem o equipamento de cada clínica. Se você puder pedir para o médico encaminhar, diretamente, para aquela clínica, melhor ainda. Talvez o doutor lhe pergunte: "E como é que tu sabes disso?". É o tipo da chatice que vale a pena, pode ter certeza. 

Alguns hospitais, poucos, no Brasil já têm equipamentos com 3 Teslas. Só quem precisa, vai dar valor a esta informação aqui. 
 

Meça a velocidade da sua internet

Existe uma grande safadeza no Brasil, aliás, mais uma safadeza: A dos provedores de internet, que lhe vendem uma determinada velocidade de internet, acham-se obrigados a lhe garantir apenas 10% do produto vendido, mas lhe cobram 100%.

É como se você comprasse um quilo de açúcar no supermercado e, na hora de pagar no caixa, fosse informado que só poderia levar cem gramas, para casa. Mas teria que pagar por um quilo.

Acostume-se a medir qual é a velocidade real da internet que você tem em casa. Utilize este site: www.speed.io, meça a velocidade de download e a de upload.

Se tiver baixa demais, ligue para o seu provedor e EXIJA uma velocidade decente. Qualquer insistência, PROCON nele.

Mas, atenção: Os provedores têm a mania de dizer que estes programas medidores não prestam e que não são confiáveis. Mentira, são confiáveis, sim, o que não é confiável é a pouca vergonha que se pratica nesta área aqui no Brasil. Se você quiser checar, por outro sistema, também confiável, entre no site do Teste Sua Velocidade: www.testesuavelocidade.com.br que certamente dará a mesma média. Saiba que nunca um vai dar exatamente igual ao outro, pela instabilidade normal da rede, mas dará a média que você está tendo e você saberá o que tem, de fato, em casa.

 

  

 

Masoquismo não evolui ninguém

 

Muitas pessoas fazem chantagem sentimental com os outros: Pais em relação aos filhos, filhos em relação aos pais, mulher com marido e vice-versa... e muita gente termina sofrendo de graça, por casa da insensibilidade e a cara de pau dos outros. Ninguém é obrigado a sofrer por ninguém, ainda mais por chantagistas.

 

Eu já escrevi, várias vezes, sobre este tema, mas a incidência de pessoas que me manda e-mails, quase que diariamente, relatando sobre os seus sofrimentos, as suas angústias e até mesmo auto torturas, por causa DOS OUTROS, é algo que me deixa entre duas situações: Não sei se fico com pena ou se dou uma boa esculhambação, pra ver se deixa de ser besta.

A maioria é mulher, e têm algumas que parece que gostam de uma expressão um pouco mais dura, pra ver se acordam.

Eu disse, aos meus amigos, várias vezes, que muita gente sofre porque é besta mesmo.

Não consigo entender como é que podem, algumas pessoas, insistirem em adotar determinadas posturas que parece que elas são melhores até mesmo do que Deus.

Uai, e é possível alguém querer ser melhor do que Deus?

É isto mesmo. A mania da ostentação da bondade aparente, por parte de algumas pessoas e de instituições governamentais, pra "ficar bem na fita", como se diz nos dias atuais, é algo impressionante.

Falar em "ficar bem na fita", vocês já repararam que as pessoas adoram usar determinadas expressões da moda? É aquela criatura que adora repetir o que todo mundo está dizendo, a mesma que veste o que está na moda, ouve a música que está nas paradas, embora sejam verdadeiras porcarias, enfim, vive submissa ao mesmismo e vai onde a onda vai.

Nada mais faz sucesso, agora está tudo bombando. Você já reparou?

Já reparou, também, a quantidade de vezes, no dia, que a expressão "caiu a ficha" é utilizada, em nosso País?

Não faz muito tempo, havia uma expressão que era ouvida em nove, entre dez entrevistas que eram feitas com políticos: "alavancar".

Nos dias de hoje "está tudo bombando", "caiu a ficha", "ninguém merece", "vou ficar bem na fita", "com certeza", "vamos alavancar", "me poupe"...

 

Mas não é isto que vem ao caso, aqui na matéria, embora o esforço que muitos fazem em ser fantoches da sociedade, ou macacos de imitação, também tem um certo coeficiente de culpa pelo sofrimento de muita gente, visto que as pessoas, em maioria, não conseguem ser elas mesmas e se vêem na obrigação de submissão a essa figura chamada "os outros".

- "Ai, meu Deus, se eu fizer isto, o que os outros vão pensar? Se eu vestir assim, como estou com vontade, o que os outros vão dizer?"

Falta de personalidade, falta de identidade própria. É o que se chama de pessoa espelho, a que vive em função do que OS OUTROS acham.

 

A bondade de aparência

 

Mas... vamos refletir um pouco nesta mania de bondade de aparência que as pessoas gostam de praticar, nessa bondadezinha fajuta.

Para você, o que é a natureza?

Tenho a impressão de que é a expressão de Deus. Será que tenho razão?

Analise, comigo, estas colocações:

A temperatura do Planeta aumenta, cada vez mais, com terríveis danos para a humanidade, conseqüentes sofrimentos e até mortes.  

A Ciência já descobriu que isto não está acontecendo por acaso e sim por culpa exclusivamente do homem, que destrói a camada de ozônio, agredindo o meio ambiente, sem parar.

Vem sendo amplamente divulgado no mundo inteiro que, se não pararmos com isto, as conseqüências serão cada vez mais catastróficas e o nível de sofrimento que advirá na Terra é algo que a gente não quer nem pensar.

As gigantescas montanhas de gelo dos pólos já estão derretendo AGORA, não vai ser no futuro distante não, já está acontecendo.

Pois bem, vejamos onde eu quero chegar.

A natureza, que é a expressão de Deus, na sua infalível JUSTIÇA e COERÊNCIA, que nada tem a ver com a prática de castigo, porque o verdadeiro Deus não castiga ninguém, exerce uma Lei que é FÍSICA e não religiosa, que é a Lei de Ação e Reação, a Lei do "quem planta colhe", que é a mesma do "quem com ferro fere, com ferro se ferirá", que podemos, mais popularmente, afirmar "quem sai na chuva, é porque quer se molhar", "quem diz o que quer, ouve o que não quer"... e por aí vai.

Se prestarmos bem atenção na forma como Deus age conosco, vamos observar que ele não tem nada de viver com "peninha" da gente, querendo ser "bonzinho" com a gente, querendo ser "tolerantezinho" com todas as nossas burrices, principalmente aquelas que fazemos conscientemente.

Não estou falando naquele Deus que vive com raiva, que destrói, que adora se vingar das pessoas... não, nada disto. Eu falo de um Deus de Coerência, o Deus das bilhões de Galáxias e não o "Deuzinho" apenas do planeta Terra.

Você já percebeu que até uma criança, de apenas um ou dois anos de idade, se engatinhar até uma tomada elétrica e enfiar o dedinho nela, vai tomar choque?

Poderíamos questionar:

Poxa, se Deus vê tudo, sabe tudo e pode tudo, por que ele, vendo que a criança estava indo em direção à tomada, não mandou um Anjo, para evitar que ela enfiasse o dedinho e tomasse o choque? Afinal de contas, ele deveria ter consciência de que se trata de uma criança, inocente, que não sabe o que está fazendo. Se ele é Perfeição e Bondade Absoluta, por que não aplicou a tolerância?

É aí que está o grande questionamento.

A Lei é FÍSICA e não religiosa, muito menos demagoga e hipócrita, e muitas pessoas precisam entender que DEUS NÃO É RELIGIOSO.

A grande realidade é que Deus age assim:

Se alguém resolve, por exemplo, passar a vida inteira fumando um cigarro atrás do outro, a Natureza (Deus), não vai tomar atitude do tipo: "Coitadinho, eu tenho que compreender o estado evolutivo dele, afinal de contas, tenho que compreender os problemas que ele enfrenta e não vou deixar que nenhuma conseqüência desse vício aconteça com ele".

Muito pelo contrário, em vez da "peninha" e da "bondazinha" aparente, invariavelmente a pessoa vai ter um enfizema, ou qualquer outro problema NATURAL, advindo do vício, por conseqüência natural e não por castigo religioso.

Você já imaginou se ele relevasse tudo de errado que nós praticamos, todas as agressões que fazemos, todas as perversidades e maldades que fazemos, só porque ele é BOM, interferindo para que as leis naturais não fossem aplicadas?

Agora, vejamos como é a postura do homem, pelo menos dos chamados arautos da bondade de fachada, que nada mais são do que demagogos de plantão e até irresponsáveis.

Elementos, que cometeram as maiores atrocidades, quando presos, fazem rebeliões em penitenciárias, queimam os próprios colchões onde dormem, destruindo conscientemente o objeto de conforto que têm ao deitar e, o que acontece?

Os bonzinhos de plantão, como a tal Comissão dos Direitos Humanos, aquela coisa inútil que só existe para proteger bandidos, imediatamente levanta a voz para providenciar novos colchões, com peninha, para que eles não durmam no chão (afinal de contas, faz muito frio, na madrugada) e, daqui há seis meses, eles voltam a fazer exatamente a mesma coisa.

Como Deus faz?

Uai, poluiu os rios? Então fiquem sem peixes, pra deixarem de ser bestas.

"Mas, Deus não poderia evitar que esse monte de peixes morresse desse jeito?".

Ora, se o homem quer assim, seja feita a sua vontade.

Queimou florestas, então tome tempestades, enchentes e furacões, para aprenderem a valorizar o maio ambiente que é dado de graça.

Existe muita gente besta neste mundo, tolerando absurdos, sem a menor consciência do que seja, de fato, a TOLERÂNCIA, que é um valor positivo que devemos ter, mas que tem os seus limites e os seus parâmetros. Vejam bem: Tolerância tem limites e parâmetros.

Tem hora que eu fico pensando:

Como é que pode, por exemplo, uma mulher tolerar durante anos e anos uma praga de um marido bêbado, fedorento, violento para com ela e com os seus filhos, sem tomar providência nenhuma para dar um basta naquele sofrimento?

Tem cada elemento, chamado marido, que é uma mistura de cheiro de cachaça, cigarro barato, suvaco e chulé, o tempo todo quando está em casa, e ninguém, em nome da bondadezinha, toma providência alguma. (Tem muita mulher fedorenta também, com os mesmos odores).

Que me desculpem as minhas inúmeras amigas que, talvez, ainda estejam inseridas neste universo, mas que é idiotice, é. Ou melhor, é burrice mesmo.

Uma mulher que se conforma com o sofrimento interminável, por conta das porradas que pega do marido violento, sob a argumentação de "Ah, eu amo ele. Ele é pai dos meus filhos", sem tomar as devidas providências junto à delegacia da mulher, é uma masoquista de marca maior.

Não está sofrendo porque "Deus quis que ela sofresse", está sofrendo porque é burra mesmo.

Imagina: Como é que um ser humano, que não tem a menor competência para amar a si mesmo, pode ter condições de dizer que ama alguém?

Ah, mas as coisas não são assim não, Alamar, nós temos que ter tolerância, porque ele não estava sabendo o que fazia, por estar embriagado.

Sim, todo bêbado, antes de começar a beber, estava consciente e lúcido, sabia que o álcool iria tirar a sua lucidez, expondo-lhe a praticar atos terríveis, por conta do descontrole e bebeu porque quis beber. O crime que comete, por conseqüência, é doloso e não culposo.

Não me consta que ninguém é agarrado por quatro pessoas fortes, uma quinta abre-lhe a boca, à força, e uma sexta enfia-lhe um copo de cachaça garganta abaixo.

O meu discurso aqui não é condenar cachaça, condenar cigarro, condenar homens bombas nem ninguém que gosta de se matar, é apenas falar em defesa dos outros que são vítimas desses.

Se houvesse um meio de fazer com que os fumantes, apenas eles, ingerissem 100% de toda a substância que sai do cigarro, nada a reclamar. Mas a partir do momento em que pessoas, que não tem nada a ver com cigarro, são obrigadas a respirar aqueles venenos, aí a coisa é diferente.

Se a bebida alcoólica destruísse apenas o fígado e o organismo, como um todo, do bêbado, nada a reclamar, problema dele. Mas já que o bêbado agride terceiros, dirige carro sem consciência, atropela, mata e proporciona tragédias a pessoas que nada tem a ver com seu vício, alguma postura extremamente enérgica tem que ser tomada contra o alcoolismo, sim, apesar de toda compreensão a disposição de tratamento que devemos dedicar aos viciados, obviamente dentro da tolerância, que tem limites e parâmetros.

Falar nisso, você já percebeu que nunca mais a imprensa mostrou polícia naquela campanha dos bafômetros, pelas ruas, prendendo gente bêbada ao volante? Por que parou? Quem foram os políticos, provavelmente alcoólatras, que determinaram dar um basta naquilo?

Os governantes nunca tem dinheiro para investir nisto, que é barato. Mas para isto, que é muito mais caro, não falta dinheiro

 

Reparou, também, que os governos sempre têm dinheiro para investir cada vez mais em radares que multam, que custam caríssimo, e não vêem como prioridade o investimento em bafômetros, que são baratíssimos?

Detalhe: Os radares extorquem o cidadão, através da indústria das multas e os bafômetros salvam a vida do cidadão.

 

Paremos com essa palhaçada de sermos bonzinhos!!!

 

Jamais devemos abrir mão de sermos justos, dignos, honestos, caridosos, fraternos, compreensivos, indulgentes, tolerantes e BONS, mas sermos bonzinhos, é o fim da picada.

O que me convidou a escrever esta matéria, já, embora eu já tenha escrito sobre isto, foi a conversa com uma amiga que tem um casal de filhos adolescentes, um menino de 16 anos e uma menina de 14, que se acostumaram a mandar que ela "vá tomar no..."  e "vá se fu..."  toda vez ela que os chama atenção ou faz alguma coisa que não os agrade.

O pior é que o marido, pai dos jovens, também não fala nada.

Ambos, com medo, não se sabe de quê, sob a argumentação de que são seus filhos, que têm que ser compreensivos com eles e que "Isto é uma fase, Alamar, a gente tem que entender".

Um desses chegou a me dizer: "Eu também fui adolescente".

E eu perguntei: "E você, costumava mandar sua mãe e seu pai tomar no ...?"

Ele respondeu: "Tu és doido!!? Se eu mandasse, eles me arrebentavam na porrada, eram capazes de quebrar a minha boca".

E por que você, hoje, quer ser tão bonzinho, tão compreensivozinho, tão bestazinha?

Ora, vá caçar o que fazer. Daqui há pouco, estão enchendo a cara de cocaína, roubando dinheiro e vendendo tudo que tem dentro de casa, para comprar drogas, quebrando tudo dentro de casa, e a gente tem que entender, porque isto é uma fase?

Isto é falta de autoridade, de muitos pais, que perderam o juízo, perderam o senso da responsabilidade e se comportam como maria-vai-com-as-outras, na onda do mesmismo e da palhaçada de certos modernismos que aí estão.

Uma boa chinelada na bunda de adolescente abusado, não traumatiza ninguém.

Ameaçou sair de casa, na costumeira chantagem, que muito está na moda?

Deixe ir!!! Será o maior e mais autêntico gesto de amor que você vai fazer, em relação a ele ou a ela.

- "Ah, Alamar, mas eu morro de pena. E o frio? E a chuva? E as más companhias? E a fome? É meu filho, Alamar!!!!"

Ora bolas, e existem más companhias piores do que as que ele já convive agora?

Quando ele começar a sentir frio, fome, chuva, a pegar porradas na rua, aí sim, ele vai começar a valorizar o que sempre teve dentro de casa.

É um santo remédio.

Relembro o exemplo de como Deus age, citado no início da matéria:

Por acaso, ele poupa os seus, também filhos, de passarem pelos sofrimentos causados pelos terremotos, pelos furacões, pelas enchentes e por todas as colheitas no nível da semeadura de cada um?

Por que você quer ser melhor do que ele?

- "Poxa, você falando assim, parece que é um pai que não tem coração!"

Será que Deus, também, pelos exemplos citados, é um Pai que não tem coração?

Está na hora das pessoas reverem os seus valores!!! Esses valores malucos e invertidos, que promovem as maiores injustiças na Terra e que fazem sofrer pessoas que nada têm a ver com os problemas.

 

Não tolere pessoas ciumentas, sob a ridícula argumentação de que ciúme tem a ver com Amor. Não tem não, tem a ver é com paixão, que é um dos sentimentos mais estúpidos e primitivos que existe na face da Terra.

Se você insiste em namorar com uma pessoa desequilibrada e desajustada pelo ciúme, que lhe faz objeto dela, coisa dela, propriedade particular e exclusiva dela, você está se expondo a uma das mais ridículas condições humanas, porque não tem a menor competência para amar a si mesmo, sempre relegando o amor próprio a segundo ou a quinto plano.

- "Ah, mas ela costuma ameaçar se matar, caso eu termine o namoro".

Problema dela e não seu. Pergunte qual o modelo de caixão que ela quer que encomende e dê sugestão de nomes de funerárias. Pergunte se quer que bote uma bandeira do Flamengo, do Vasco ou do Corinthias em cima, na hora do velório.

Com gente chantagista, temos que agir assim, friamente, pra deixarem de ser bestas.

- "Se você terminar comigo e eu lhe ver com outro homem, eu mato ele e você".

Não era nem pra ter começado um namoro com um imbecil desse. Antes de namorar alguém, toda a pessoa inteligente, que tem o mínimo de bom senso e amor próprio deve, primeiro, estabelecer, por algum tempo, uma relação de amizade, para conhecer A CABEÇAAAAAAAA!!!!!

Falei em conhecer a CABEÇA, e não os olhos bonitos, as pernas torneadas, os seios durinhos, o tamanho da bunda, a beleza física e o bolso.

Ameaçou matar você? Registre, imediatamente, um boletim de ocorrência preventivo na polícia, dê conhecimento a todas as pessoas do círculo de relação para que, se no futuro acontecer, não venha a aparecer advogados, também ridículos, alegando que o desequilibrado matou sob "forte emoção", como aconteceu com o assassinato da Sandra Gomide, pelo assassino Pimenta Neves. Eu não sei como é que pode, ainda, ter juízes para aceitar essa ridícula argumentação do "matou, por forte emoção".

Não sejamos bonzinhos, sejamos apenas BONS, justos e coerentes, que não é a mesma coisa!!!!

 

Tem parente fofoqueiro, freqüentando sua casa?

 Dá-lhe uma boa esculhambação, diga que não admite mais nenhum tipo de fofoca dentro da sua casa, chame atenção, sem medo de cara feia, e imponha o respeito que você e a sua família merecem.

- "Ah, mas se ficar com raiva?"

Dane-se, problema dele.

Tenha certeza de que todo parente, ou qualquer pessoa, que vai à sua casa fazer fofoca dos outros, com certeza, ao sair, vai fazer fofoca com o seu nome, para os outros.

- "Olhe, eu sou seu amigo, vou lhe pedir pra tomar muito cuidado com Fulano, porque ele não presta. Mas, por favor, não diga que eu lhe disse".

Quem age desta maneira, é gente tão sem vergonha ou talvez mais sem vergonha que o Fulano, que está tentando derrubar, para você. Não merece credibilidade.

A pessoa que verdadeiramente é honesta, que é sua amiga e que está falando a verdade, para lhe proteger contra um verdadeiro mau caráter, diz assim:

- "Olhe, sugiro ter muito cuidado com Fulano. Agora pode dizer a ele, que eu lhe disse, porque se for preciso, eu digo na cara dele, que ele é safado, sem vergonha e mau caráter".

É outra coisa. Embora nem sempre, neste segundo caso, a pessoa tenha razão, mas é muito mais confiável do que a primeira que, na maioria das vezes, está sempre envenenando alguém, sem dar a esse o direito de defesa.

 

Auto-Ajuda, satanazes e obsessores

De fato, os livros de auto-ajuda trazem grandes contribuições e nos dão dicas interessantes; de fato, existem as perturbações de ordem espirituais, que todos nós estamos sujeitos. Mas existe, também, muita gente a nos fazer de besta, com esta onda bajulatória de dizer que somos lindos e maravilhosos, que tudo o que sofremos é culpa dos outros, do tal satanás ou de obsessores.

A maioria dos problemas que enfrentamos, tem origem na gente mesmo. As bobagens que a gente faz, as empolgações bestas, as ilusões que nos deixamos envolver, os envolvimentos com pessoas erradas, os namoros em função de corpo físico e não da cabeça da pessoa... enfim, por aí vai. Não é culpa de satanás não, e nem de obsessor, é da nossa burrice mesmo.

Embora receber elogios e aplausos seja bom demais, por algo bom que fazemos, devemos estar sempre atentos e de orelha em pé para os falsos elogios, para aqueles que querem nos colocar sempre na condição de vítimas e ficam botando na gente valores que não temos.

 

Humildade autêntica e não falsificada no Paraguai.

Veja bem esta:

Você vai a uma loja, comprar uma blusa ou uma camisa. Escolhe bem, olha vitrine aqui, escolhe ali, experimenta uma, experimenta outra, olha-se no espelho e escolhe o quê?

A que fica BEM em você, não é? A quem fica BONITA em você, não é?

De repente vai a algum lugar, vestindo aquela roupa, alguém lhe encontra e diz:

- "Puxa, mas que camisa linda! Que blusa maravilhosa. Você ficou muito elegante, adorei".

Aí você diz:

- "Que nada. São seus olhos".

Isto é humildade?

Conversa fiada, isto é palhaçada, fingimento de evolução. Se você comprou aquele modelo porque ACHOU BONITO, escolheu bem, gostou, lhe agradou; de repente alguém, também, ACHA BONITO, e você vem dizer que "são seus olhos"?

As pessoas que se garantem, que são autênticas e que têm consciência do que realmente são, no caso do elogio da camisa, simplesmente dizem:

- "Muito obrigado".

Pronto. Não é bem mais coerente e honesto do que a frescura do "São seus olhos"?

Agora, se o elogio é imerecido, a gente está vendo que a pessoa está falando bobagem, falando por falar, só pra da uma de "boazinha" com a gente, só nos deixaremos envolver por vaidade excessiva, por burrice.

 

É questão de BOM SENSO, sempre, em todas as nossas atitudes, em todos os nossos procedimentos.

Não tenhamos dúvidas, de que as pessoas "boazinhas" nunca são necessariamente BOAS, dentro de casa, com os seus e muito menos com o próximo em geral. Invariavelmente, conforme apontam alguns notáveis Psicanalistas, utilizam-se dessa suposta "bondade" para mascarar desajustes muito sérios, inclusive de ordem moral.

De repente você percebe que aquela pessoa que é enérgica, é dura quando tem que ser dura, fala o que tem que ser falado, não tem medo de cara feia, não se intimida diante de ninguém, é que é a pessoa carinhosa, afetuosa, meiga, honesta e possuidora dos autênticos valores morais.

É questão de prestar atenção, com olhos bem abertos, em cada passo que cada um dá.

 

Para concluir:

 

Diante de...

 

Sogras chatas e que se metem na nossa vida - Sejamos duros, enérgicos, e implacáveis, sem nos deixar levar por chantagens. Sogra carinhosa e amiga, reciprocidade de nossa parte, carinho e amizade também.

 

Homem covarde, que vive espancando mulher - Delegacia de mulher em cima dele e, se necessário, pra deixar de ser safado, não se intimidar em deixá-lo ir para a cadeia, mesmo sendo pai dos seus filhos. Principalmente quando a mulher não é aleijada e nem tetraplégica.

 

Mãe chantagista dentro de casa, que vê maldade em tudo - O adolescente, também, deve ser enérgico e aprender dizer: "Mãe, eu te amo, mas pare de frescura". Nada de obrigação de tolerar, só porque é minha mãe.

 

Filho(a), adolescente ou não, insensível, frio, grosseiro, indiferente que concebe os pais como se fossem seus empregados - Dureza nele, energia nele, aprender a dizer NÃO a ele e nada de ficar comprando presentinho, pra ver se agrada, porque insensíveis e frios nunca se agradam com nada, sempre botam defeito em tudo.

 

Só se lembra de você, quando precisa – Mesmo que você tenha o dinheiro que ele quer emprestado, não empreste. Uma praga dessa, nunca tem amizade por você e, tudo indica, por ninguém.

 

Homem machista, do tipo que acha que o homem pode tudo e a mulher não – Mande ir plantar batata, e que procure mulher que faça o seu perfil, daquela cuja cabeça aceita que mulher tem que ser submissa a macho e que não tem direito nem de abrir a boca. Mande que procure uma dessas que se sente feliz em apenas viver ao lado de um fogão, de uma máquina de lavar roupa, ferro de passar e vassoura pra limpar a casa. Mulher inteligente nenhuma deve aceitar o machismo, sob hipótese alguma.

 

Relembro aos meus amigos:

Aquele cidadão, gente muito boa, que passou por aqui, chamado Jesus, que muita gente gosta, que não ensinou religião nenhuma pra ninguém, que sempre foi feliz, alegre e de bem com a vida, como na foto ao lado, fez uma observação interessante:

"Ame ao seu próximo, como a si mesmo".

Veja o detalhe do COMO A SI MESMO, que ele colocou.

Se você acha que ele tem razão, então siga-o.      

 

Carinhosamente, para a sua apreciação

 

 

                                            Alamar Régis Carvalho

                                                     Analista de Sistemas e Escritor

  alamar@redevisao.net --- www.partidovergonhanacra.com --- www.redevisao.net  --- www.alamar.biz  

                                                    ORKUT "alamarregis"

 

Alamar Régis Carvalho - Analista de Sistemas, Escritor e Ator - E-mail: alamar@redevisao.net  orkut: "alamarregis"  www.redevisao.net, www.partidovergonhanacara.com e www.alamar.biz 

Conheça a DINASTIA - É uma proposta fantástica. Mas somente para pessoas racionais, não preconceituosas e que tem a inteligência e o bom senso de analisar as coisas, profundamente, antes de tirar conclusões. É coisa boa também, que pouca gente conhece. Algo legal, moral e fantástico.
 

ATENÇÃO: Se você está recebendo este e-mail, sem querer receber, por favor diga, que eu retiro imediatamente o seu endereço do meu banco de dados, já que não tenho o menor interesse em fazer spam e nem mandar mensagens para quem não conheço.

NUNCA FAÇA ALIANÇAS SEM A DIREÇÃO DE DEUS

 
O nosso negócio é servir ao próximo

Caro Empreendedor,

Caminhamos mais um pouco e atingimos o "SÉTIMO PRINCÍPIO PARA SE TORNAR UM EMPREENDEDOR DE CRISTO":

"NUNCA FAÇA ALIANÇAS SEM A DIREÇÃO DE DEUS"

"E o SENHOR foi com JOSAFÁ, porque andou nos primeiros caminhos de Davi, seu pai, e não buscou baalins. Antes, buscou ao Deus de seu pai e andou nos seus mandamentos e não segundo as obras de Israel. E o SENHOR confirmou o reino nas suas mãos, e todo o Judá deu presentes a Josafá; e teve riquezas e glória em abundância" (2ª Cr 17: 3-5 NTLH). "Quando Josafá ficou muito rico e famoso, ELE SE TORNOU ALIADO DO REI ACABE, de Israel, por laços de casamento" (2ª Cr 1:18 NTLH).

"Eles foram até o acampamento de Gilgal e disseram a JOSUÉ e a todos os homens de Israel: Nós estamos chegando de um país que fica bem longe daqui. Façam um acordo de paz com a gente" (Js 9: 6 NTLH). "Os homens de Israel aceitaram a comida deles, PORÉM NÃO PEDIRAM CONSELHO A DEUS, O SENHOR. JOSUÉ FEZ UM ACORDO DE PAZ COM OS GIBEONITAS, prometendo que não seriam mortos. E os líderes do povo de Israel juraram que cumpririam a sua palavra. Três dias depois de feito o acordo, descobriram que aquela gente morava perto" (Js 9: 14-16 NTLH). 

As alianças relatadas foram feitas por homens "DE DEUS".

1ª) Josafá - um excelente rei de Judá, porém, veio a aparentar-se, a "aliar-se", com o rei Acabe, de Israel, que aborrecia a Deus sobremaneira;

2ª) Josué - o homem escolhido por Deus para liderar o povo na conquista da terra prometida, porém, num momento de descuido, foi enganado pelos gibeonitas, "seus vizinhos", e  estabeleceu uma aliança com eles.

A aliança no mundo empresarial é um contrato, um pacto, acordo ou sociedade entre duas ou mais pessoas ou partes, em que se estabelecem compromissos de deveres, obrigações e privilégios, objetivando um bem comum das partes.

A ordenança do SENHOR para o seu povo era de que eles não fizessem alianças com os povos das terras vizinhas. O motivo era que os "COSTUMES" desses povos não corrompessem o coração do seu povo eleito, pois, nesse caso, poderiam desviar-se do SENHOR, adorando assim os ídolos dessas nações.

No mundo empresarial, também devemos aplicar esse princípio. Aliás, a obediência a ele é imprescindível para o nosso sucesso. A observância dele irá livrar-nos de muita dor e angústia.

No mundo empresarial atual, são comuns as fusões, incorporações, parcerias e sociedades.

O que leva um homem de DEUS a fazer uma aliança com alguém que não teme ao SENHOR?

O que leva um cristão a fazer uma aliança com outro cristão, sem buscar a direção de DEUS?

UM FORTE INTERESSE, UM "DESEJO" NO CORAÇÃO DO HOMEM É CAPAZ DE ABAFAR A VOZ DE "DEUS"!

Fazendo uma analogia, uma aliança empresarial pode ser comparada a um casamento, em que os laços são muito fortes.

O rompimento dessa aliança traz conseqüências terríveis para a vida dos envolvidos e para todos aqueles que são parte do relacionamento. No caso da empresa, são afetados: sócios, familiares, empregados, fornecedores, clientes, etc.

Ninguém sai de um casamento sem traumas. De modo análogo, a saída de uma sociedade empresarial deixa marcas para sempre.

Da mesma maneira, quando não buscamos a orientação de DEUS e estabelecemos alianças, movidos pelo interesse do nosso coração, "o desastre é inevitável".

CUIDADO! Pois mesmo sendo um(a) servo(a) de DEUS, você poderá entrar em um jugo desigual, que poderá trazer conseqüências desastrosas para o resto de sua vida.

Se você está prestes a estabelecer uma "sociedade empresarial", antes de tudo, responda as seguintes questões:

QUEM FICARÁ NO COMANDO?

Na maioria das vezes, essa questão não é levantada na etapa inicial para a formação da sociedade, porque "os cristãos" não querem constranger a outra parte. NÃO COMETA ESSE ERRO!

Se a questão do comando não for estabelecida no início, isso certamente deixará uma brecha para desentendimentos futuros.

CONCORDAMOS COM OS "VALORES FUNDAMENTAIS"?

Vejamos alguns exemplos de valores que devem ser examinados e estar alinhados, antes de se estabelecer uma sociedade:

1- Estamos dispostos a contribuir com a obra do SENHOR?

2- A empresa servirá de meio de evangelização?

3- Contrataremos familiares para trabalhar na empresa?

4- Iremos contratar gerentes e empregados não-cristãos?

5- Quantas horas por semana vamos dedicar aos negócios?

6- Estaremos dispostos a prestar contas uns aos outros e também a profissionais externos?

7- Venderemos a empresa no futuro?

8- Como a morte de um sócio irá afetar a distribuição dos ativos?

Caso você sinta que não existe concordância nos "valores fundamentais" do negócio, não firme a aliança, não comece o negócio.

Caso os "valores fundamentais" estejam alinhados, peça a confirmação de DEUS... FAÇA PROVA DO SENHOR... SEJA A PAZ DE CRISTO O ÁRBITRO NOS VOSSOS CORAÇÕES.

Documente, "escreva" o que for acordado para evitar dúvidas e discussões futuras.

"Não se juntem com descrentes para trabalhar com eles. Pois como é que o certo pode ter alguma coisa a ver com o errado? Como é que a luz e a escuridão podem viver juntas?" (2ª Co 6:14 NTLH).

Infelizmente, na maioria dos casos, as pessoas já se encontram em uma situação de JUGO DESIGUAL.

No caso de você já se encontrar em um jugo desigual e de estar sofrendo e angustiado por isso, o que fazer?

CLAME AO SENHOR POR MISERICÓRDIA. SOMENTE ELE PODERÁ LIVRÁ-LO DESSA SITUAÇÃO.

"Se você for levado ao tribunal, e lhe tomarem a camisa, dê também a eles o casaco. Se um soldado exigir que você carregue a mochila dele por um quilômetro, carregue dois" (Mt 5:40-41 BV).

Para se desvencilhar do laço que o inimigo armou para você, não busque seus próprios interesses. Pode ser necessário que você tenha de abrir mão de "seus direitos". Não se apegue a coisas materiais nesse momento. A sua paz de espírito e a sua comunhão com DEUS não têm preço.

O SENHOR poderá dar-lhe um novo negócio no qual o nome dele será engrandecido e você terá "ALEGRIA EM TRABALHAR". Creia nisso, pois aquilo que é impossível ao homem É POSSÍVEL A DEUS! Entretanto, antes de tomar qualquer atitude, aguarde o sinal verde do SENHOR. "Para todo o propósito debaixo dos céus há o seu tempo determinado".

QUEM É MISERICORDIOSO COMO O SENHOR NOSSO DEUS?

QUEM PODE LIVRAR COMO O SENHOR?

Contamos com suas orações.

Em Cristo,

Cláudio Henrique Guisoli

Coordenador – Ministério Empreendedores de Cristo

(31) 3337-9695 Ramal 5

Se você ainda não leu, não deixe de ler: "OS SEIS PRIMEIROS PRINCÍPIOS PARA SE TORNAR UM EMPREENDEDOR DE CRISTO"


 

» Visite nosso site © 2006. www.empreendedoresdecristo.com. Todos os direitos reservados.
 

powered by VoxBlue

Marketing Clipping - Edição 296 - 29 Abril 2009

 
EDIÇÃO 296  - 29 Abril 2009      Editor: Abigar Junior

Bancos lideram ranking das marcas mais valiosas do Brasil  

Nike e Adidas lideram entre jovens Conteúdo exclusivo para assinantes do Mercado Competitivo

Pesquisa aponta as tendências do marketing brasileiro Conteúdo exclusivo para assinantes do Mercado Competitivo

Oi vai às ruas e à web para vender cartão de crédito Conteúdo exclusivo para assinantes do Mercado Competitivo

Propaganda com erro vira caso de polícia em SP Conteúdo exclusivo para assinantes e usuários cadastrados no Mercado Competitivo

Nova Schin pretende tirar Ronaldo do ar 

Google intensifica prospecção de anunciantes Conteúdo exclusivo para assinantes do Mercado Competitivo

Marketing para os Millennials (os jovens dos 12 aos 26 anos) Conteúdo exclusivo para assinantes do Mercado Competitivo

Classe C usa mais cartões Conteúdo exclusivo para assinantes do Mercado Competitivo

Publicidade sustenta vídeo gratuito na web Conteúdo exclusivo para assinantes do Mercado Competitivo

Quando a crise vira o bicho-papão 

Um pessimista vê uma dificuldade em cada oportunidade; um otimista vê uma oportunidade em cada dificuldade."

Winston Churchill
Inglês. 1º Ministro da Inglaterra na II Guerra Mundial.
((1874 - 1965)


DESTAQUE

Marketing para os Millennials (os jovens dos 12 aos 26 anos)




BANCOS LIDERAM RANKING DAS MARCAS MAIS VALIOSAS DO BRASIL
Folha SP 20/04/2009   
REF: Pesquisa de Marketing - Setor Financeiro - Branding

Três bancos lideram o ranking das 110 marcas mais valiosas do Brasil. O Bradesco é o primeiro seguido por Itaú e Banco do Brasil, aponta a pesquisa da consultoria Brand Finance divulgada nesta terça-feira.
 
Líder também no ano passado, a marca Bradesco encerrou o ano passado avaliada em R$ 16,265 bilhões. O Itaú ficou em segundo, com sua marca avaliada em R$ 11,814 bilhões, e o Banco do Brasil em terceiro, avaliado em R$ 7,415 bilhões. Em relação ao ano anterior (2007), o Itaú subiu quatro posições, enquanto o BB caiu uma.
 
Outros bancos no ranking são a Caixa Econômica Federal (de 35ª para a 17ª posição), Real subiu nove posições (37ª para 28ª), Unibanco (41ª para 31ª), Santander (44ª para 25ª) e HSBC (44ª para o 46ª). A Nossa Caixa foi a única instituição que recuou, indo da 69ª posição para a 76ª, e o Banrisul foi o único que estreou na listagem, na 107ª colocação.
 
A marca da Petrobras, empresa de capital aberto (ações em Bolsa) com maior valor de mercado, subiu da oitava para a sétima posição, avaliada em R$ 5,904 bilhões. A Vale foi do 16º para o 11º lugar (R$ 4,086 bilhões).
 
Em sua pesquisa, a Brand Finance considera dados de 5.150 pessoas em todo o território nacional. Integram o levantamento indicadores como produtos/serviços, preço, marketing e comunicação, governança corporativa e responsabilidade socioambiental, serviços ao consumidor e canal de distribuição. Para o índice final, a pesquisa considerou ainda a eficiência, margem operacional, rentabilidade, resultado líquido, patrimônio líquido e Ebitda.
 
Veja o ranking das dez marcas mais valiosas:
 
Bradesco - R$ 16,265 bilhões
Itaú - R$ 11,814 bilhões
Banco do Brasil - R$ 7,415 bilhões
Volkswagen - R$ 6,629 bilhões
AmBev - R$ 6,398 bilhões
Vivo - R$ 5,934 bilhões
Petrobras - R$ 5,904 bilhões
General Motors / Chevrolet - R$ 5,874 bilhões
Oi / Telemar - R$ 5,474 bilhões
Fiat - R$ 5,075 bilhões

NIKE E ADIDAS LIDERAM ENTRE JOVENSConteúdo exclusivo para assinantes do Mercado Competitivo
Jornal Propaganda & Marketing 20/04/2009   
REF: Pesquisa de Marketing - Branding - Marketing Esportivo

A Nike e a Adidas são as marcas de maior confiança entre os jovens de 15 a 19 anos, de acordo com pesquisa...
(clique e leia a matéria completa em nosso site)

PESQUISA APONTA AS TENDÊNCIAS DO MARKETING BRASILEIROConteúdo exclusivo para assinantes do Mercado Competitivo
O Globo 28/04/2009   
REF: Pesquisa de Marketing

A Associação Brasileira de Marketing & Negócios (ABMN) criou o ABMN Pesquisa, departamento que vai estudar as tendências do marketing no Brasil...
(clique e leia a matéria completa em nosso site)

OI VAI ÀS RUAS E À WEB PARA VENDER CARTÃO DE CRÉDITOConteúdo exclusivo para assinantes do Mercado Competitivo
Valor Econômico 15/04/2009   
REF: Convergência Digital - Meios de Pagamento - Estratégia Comercial

Uma delas é aumentar o uso do Oi Paggo, uma espécie de cartão de crédito pelo celular, nas áreas onde a operadora tem grande participação no mercado de telefonia. A outra é fazer do serviço uma opção para pagar compras na internet...
(clique e leia a matéria completa em nosso site)

PROPAGANDA COM ERRO VIRA CASO DE POLÍCIA EM SPConteúdo exclusivo para assinantes e usuários cadastrados no Mercado Competitivo
G1 21/04/2009   
REF: Setor Varejo - Leis & Mercado - Direito do Consumidor

Rede atacadista anuncia notebook por R$ 899,00. Um casal viajou 100 km e não conseguiu comprar produto...
(clique e leia a matéria completa em nosso site)

NOVA SCHIN PRETENDE TIRAR RONALDO DO AR
Meio & Mensagem 22/04/2009    
REF: Mercado Cerveja - Campanha Publicitária

Marca entra com representação no Conar contra anúncio de Brahma, que estreou há menos de duas semanas
 
por Renato Pezzotti
 
A Nova Schin entrou nesta segunda-feira, 20, com uma representação no Conselho Nacional de Autorregulamentação (Conar) contra a última campanha da Brahma, em que a grande estrela do filme é o craque Ronaldo. O Conar recebeu a ação e já aceitou a denúncia.
 
Muito se comentou na última semana sobre o filme. A campanha foi destaque de algumas colunas de importantes veículos do País: como a José Roberto Torero, da Folha de S. Paulo, que critica a campanha, e a Régis Bonvicino, da Último Segundo da iG, que defende o atleta.
 
Segundo a Brahma, a nova versão, com algumas modificações, tem sido veiculada desde domingo. A produção da Conspiração agora já não mostra o atleta segurando o copo de cerveja e ao final, Ronaldo afirma "ser guerreiro", e não "ser brahmeiro", como na versão original. Segundo a agência, as alterações já estavam planejadas e reforça o fato de querer transformar em sinônimos as palavras brahmeiro e guerreiro. Africa e Brahma também afirmam não conhecer o teor da ação da concorrente.
 
No evento de lançamento da campanha, realizada no dia 9 deste mês, questionadas pela reportagem de M&M Online, Africa e a Brahma afirmaram que a atual campanha seria complementada com uma ação de consumo responsável, também estrelada por Ronaldo.
 
Procurada, a Nova Schin ainda não esclareceu os motivos ajuizados na ação proposta no Conar.

GOOGLE INTENSIFICA PROSPECÇÃO DE ANUNCIANTESConteúdo exclusivo para assinantes do Mercado Competitivo
Meio & Mensagem 22/04/2009    
REF: Estratégia Comercial - Empresas Pontocom

Hotsite focado no Dia das Mães inclui possibilidades de inserções publicitárias no Orkut e YouTube...
(clique e leia a matéria completa em nosso site)

MARKETING PARA OS MILLENNIALS (OS JOVENS DOS 12 AOS 26 ANOS)Conteúdo exclusivo para assinantes do Mercado Competitivo
Business Week - EUA 15/04/2009   
REF: Marketing Digital - Mercado EUA

Os jovenes são historicamente difíceis de serem atingidos, mas pequenas empresas estão sendo bem-sucedidas através de ações de marketing digital no Facebook e em cartões de presente pré-pagos.
(clique e leia a matéria completa em nosso site)

CLASSE C USA MAIS CARTÕESConteúdo exclusivo para assinantes do Mercado Competitivo
Jornal Propaganda & Marketing 20/04/2009   
REF: Pesquisa de Marketing - Meios de Pagamento - Estratégia Comercial

O crescimento da classe C pode ajudar o setor de cartões de crédito a driblar as dificuldades do mercado...
(clique e leia a matéria completa em nosso site)

PUBLICIDADE SUSTENTA VÍDEO GRATUITO NA WEBConteúdo exclusivo para assinantes do Mercado Competitivo
Jornal Propaganda & Marketing 20/04/2009   
REF: Marketing Digital - Setor Comunicação

"Há a tendência das agências e dos anunciantes de produzir, a longo prazo, formatos mais interativos. O comercial pode ser de um minuto, mas tem de ter uma lógica, apostar na interação"
(clique e leia a matéria completa em nosso site)

QUANDO A CRISE VIRA O BICHO-PAPÃO
Jornal do Brasil 25/04/2009   
REF: Mercado Infantil - Contexto Sócio-Econômico - Planejamento de Marketing

por Luisa Girão
 
RIO - Todos os pais sabem que é normal dizer não aos filhos. Entretanto, com a crise econômica, as crianças tiveram de se acostumar com a repetição mais frequente à recusa dos pedidos. Mas nem tudo está perdido. Depois de um Natal fraco, a indústria de brinquedos dá sinais de que o pior da turbulência financeira já passou – embora anuncie mudanças na forma de produção.
 
Segundo da Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedo (Abrinq), em 2009 a indústria nacional pretende crescer em torno de 7%, diante do ano passado. Em 2008, o faturamento total foi de R$ 2,51 bilhões. Para 2009, a expectativa é de R$ 2,71 bilhões.
 
A Estrela teve menos lucro no Natal. Segundo Aires Fernandes, diretor de marketing da empresa, o último trimestre do ano corresponde a 70% do faturamento anual.
 
– Até outubro, tínhamos um crescimento forte. Com a crise, houve retração nos pedidos de varejistas. Mas os consumidores continuaram comprando – conta.
 
Fernandes diz que a Estrela ainda não divulgou o balanço do trimestre, mas já adianta que houve um crescimento de 12% em relação ao ano passado.
 
– O preço médio do brinquedo, não exige crédito, o consumo passar ao largo da crise – afirma.
 
Fernandes está otimista com 2009, pois os economistas estão apostando na reação da economia no terceiro trimestre.
 
– Vamos ser presenteados com a reação da economia na época em que vendemos mais. E, com a alta do dólar, resolvemos aumentar a produção nacional. A meta é que, no final de 2009, apenas 50% sejam importados – diz Fernandes.
 
Já Gustavo Arruda, gerente de marketing da Grow, diz que o segundo semestre do ano é o que mais gera lucros. O período corresponde a 70% do faturamento.
 
– No Dia das Crianças alcançamos os mesmos números de 2007. No Natal, houve queda de 10% a 15% nas vendas. – conta Arruda. O executivo da Grow acredita que a crise acarretou uma mudança: a empresa agora exporta menos.
 
– Em 2008, trabalhamos com 15% de peças importadas. Este ano, investiremos na produção nacional, reduzindo exportações a 5% – diz.
 
A Gulliver também desenvolve as fábricas brasileiras. De acordo com seu diretor Paulo Benzatti, no fim de 2009, as exportações serão 50% da linha.
 
– A Gulliver é calcada em produtos importados, pois 70% vêm do exterior. Com o dólar alto, a rentabilidade cai. Por isto, estamos desenvolvendo linhas nacionais, para que o importado seja só 50% da produção – afirma.
 
Benzatti conta que ano passado a empresa estava com expectativa de crescimento, mas, com a crise, o faturamento estagnou-se.
 
– O primeiro trimestre deste ano foi parecido com o do ano passado. No Natal, houve queda de 10%, o que fez o faturamento de 2008 empatar com os valores anuais de 2007 – declara.
 
Sonhos adiados
 
Luiza Barros, 4 anos, já sentiu o efeito da crise. Por motivos financeiros, sua mãe, Lara Barros, não fez seu aniversário em uma casa de festas. A solução: juntar um "dinheirinho" para ajudar no ano que vem.
 
– Tenho dois porquinhos: o Pink e o Purple. No Pink, coloco moedas de R$ 1, já no outro, ponho as outras moedas – explica Luiza.
 
Lara conta que a iniciativa do cofre surgiu da filha, e que menina junta moedas que recebe ou acha pela casa. A mãe adianta que a atitude será recompensada.
 
– Contei para a Luiza que não poderíamos fazer o aniversário, e ela disse que ia me ajudar a fazer a festa no ano que vem. Vou fazer de tudo para dar o aniversário que ela quer – promete Lara.
 
Já Flávio Pereira – pai de Natalia, 10 anos, e Giovanna, de 11 – é um dos sócios da rede de casas de festas Tik Tak. Pereira conta que a crise afetou os negócios, mas já tomou medidas para superá-la.
 
– Houve queda de 30% nos negócios. Com isto, tivemos de fazer um controle dos investimentos e promoções – afirma.
 
Suas filhas estão torcendo para que esta situação passe, porque deixam de ganhar alguns presentes.
 
– O papai diz que não está comprando alguns brinquedos porque estão caros e que este momento é de economizar – conta Giovanna.
 

Um cordial abraço, 
Abigar Holanda Jr.

Querendo falar comigo:
E-Mail: abigar@mercadocompetitivo.com.br
MSN:
abigarjr@yahoo.com.br

O cadastro no site é gratuito. Não deixe de fazê-lo.

Não é necessário encaminhar este clipping. Quem desejar que algum amigo participe da lista de distribuição basta acessar a nossa página www.mercadocompetitivo.com.br e ir até a seção "cadastro" no topo da página.

 

*Todas as notícias aqui apresentadas são extraídos das fontes citadas em cada matéria,
cabendo as fontes apresentadas o crédito pelas mesmas.

Reservas de Direito:
É terminantemente proibida a reprodução deste clipping
sem a devida autorização do EDITOR.

Caso não queira mais receber este informativo

Clique no link que está na parte inferior do clipping



Você está recebendo este e-mail por ter se cadastrado como um de nossos assinantes.Para cancelar o recebimento deste clipping ou alterar suas preferências de editoria, clique aqui.
Caso não consiga visualizar este e-mail corretamente,
clique aqui.